segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Que beleza !


As vezes não é uma questão estética. O jeito que é mais bonito para a maioria talvez não importe em alguns momentos, ou pelo menos não deveria, pois os conceitos são inventados, os padrões, os modelos. E eles mudam, posso dizer que mudamos também, mas podemos não mudar o todo, porque tem uma coisa imutável na gente também, podemos ficar com a escolha de nos olharmos no espelho e talvez, até mesmo sem ele, simplesmente nos sentirmos bem com o que os olhos vêem. Poder parecer estranho para os outros, um tanto mais velho do que novo, mais tatuado e menos limpo, mas isso tem a ver com individualidades, mas precisamos respeitar como pluralidade.


Um comentário:

  1. Como conceito geral eu concordo e repeito as individualidades e a pluralidade. Agora, alguns níveis de desleixo eu não curto ... rs

    ResponderExcluir