quarta-feira, 4 de maio de 2016

Tempo estranho.


De repente me dou conta de que quase tudo é mentira. Tudo o que leio, tudo o que ouço e as vezes, o que vejo. Como acreditar em pessoas que defendem verdades com mentiras? Há discernimento no mundo em quantidade suficiente para toda essa informação falsa?  Como separar ? Como saber o que de fato é, quando a figura dos heróis, para quem acredita em heróis, desmoronam e se descortina uma realidade contrária e apocaliptica?  Virou questão de fé, que se acredita cegamente sem questionar ou uma guerra, que se luta por um lado com ódio sem pesar ou pensar? Fé e guerra quase sempre se mesclam. Tempo de grandes surpresas, tristezas e duvidas em relação às pessoas, tempos em que para ser inimigo, precisa de pouco, as vezes, é só querer o bem, mas ai, depende do outro, depende de qual lado ele acha que você está, nesse tempo de achismo, mesmo que você não tenha um lado. Tempo em que deveríamos estar todos do mesmo lado. Tempo em que o diálogo não acontece, quando se vê, já foi. Tempo de fim de grandes amizades, tempo raivoso, em que a raiva supera se não o amor, o carinho de uma amizade, o cuidado e o respeito que se tem em relação ao outro. Será que ele, o tempo, vai conseguir consertar tudo o que as pessoas fizeram nesse tempo em que a raiva dominou e os atos foram impensados? Certeza de que ainda haverá muito tempo com essa vibe no ar, essa estranheza que estamos sentindo em relação à nossa vida e às pessoas ao redor, principalmente em relação às pessoas que de alguma forma, tomam decisões em nome do coletivo, grandes coisas foram quebradas e perdidas. Quem sabe para dar lugar ao novo.  Tento acreditar, resistindo um pouco, pois nem disso tenho certeza, que esse processo todo é necessário, e que sairemos melhores disso tudo, talvez mais fortalecidos e imunes à algumas coisas que hoje nos perturbam. Será que é excesso de otimismo meu? 





3 comentários:

  1. Pois é....
    Tempos estranhos onde aquilo que morreu ainda não deu lugar para algo que não nasceu...
    INTERREGNO! ( entre reinos )
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Os tempos podem ser estranhos mas a história nos mostra que só assim o novo acontece. Tudo passa por depuração de tempos em tempos. Depois tudo se acomoda de novo, de forma sempre melhor. Só que um novo ciclo de merda sempre estará por aí a nos atormentar. O homem não aprende nem apanhando. Fazer o que? Mesmo consciente disto luto.

    ResponderExcluir