quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

Intuindo ...



Significado de Intuição

s.f. Capacidade para entender, para identificar ou para pressupor coisas que não dependem de um conhecimento empírico, de conceitos racionais ou de uma avaliação mais específica.
Conhecimento claro, direto, imediato da verdade sem o auxilio do raciocínio.
Pressentimento, capacidade de prever, de adivinhar: ter a intuição do futuro.
Teologia. Visão nitida que os santos ou que os bem-aventurados têm de Deus.
Filosofia. Maneira de se adquirir conhecimento instantâneo sem que haja interferência do raciocínio.
pl. intuições.
(Etm. do latim. intuitio.onis)

Fonte: []Dicio

Lagoa do Taquaral - Campinas - SP - Foto: Marcos Campos

Eu sou um cara que muitas vezes repito para mim mesmo: Confie mais na sua intuição ! 
Mas será mesmo que podemos usar nossa intuição sempre e para todas as situações ? A nossa mente não poderia nos pregar peças, caso não soubéssemos de todos os fatos ?  Partindo da premissa de que nem tudo que a gente imagina é verdade, acho que não dá para usá-la em todas as situações. Mas o que a gente faz quando ela as vezes grita, contrariando a situação? 

4 comentários:

  1. Talvez a grande questão é se realmente podemos conhecer todos os fatos a ponto de ter uma visão total de uma situação....
    Gosto de pensar que a intuição é tão confiável quanto a "realidade".
    A intuição muitas vezes se constitui de micro impressões/memórias aleatórias que não possuem conexão muito clara entre si....
    Ex: Aquele cara que você acaba de conhecer , que é simpático, gentil, educado, mas que de alguma maneira ativa um alerta vermelho interno dentro de você com a seguinte frase dançante no cérebro....."Tem alguma coisa estranha nele"....
    Pode ser que uma expressão do olhar, a fala, um gesto, ainda que microscópico, desse cara lembre um episódio que relacione esse cara supostamente legal com outra memória de um outro cara cujo contato não tenha sido muito bom...
    Pessoas muito intuitivas geralmente tem um grande repertório de memórias sutis que muitas vezes ajudam a nortear as decisões no chamado mundo real.....Outras pessoas acreditam serem intuitivas quando na verdade estão apenas sendo direcionadas para decisões baseadas em emoções desconhecidas...Ex: As últimas vezes que confiei em uma pessoa eu me ferrei de verde amarelo....agora toda vez que alguém novo aparece eu "INTUO" ( na verdade é MEDO, mesmo, devido a uma conclusão generalizante ) que ele não é digno de confiança.
    O chamado realista, que toma todas as suas decisões em "fatos" pode também chegar a interpretações errôneas em cima daquilo que observa....Ex: O cara se apresentou com a cara amarrada, meio silencioso o que causa uma má impressão imediata, mas depois sabe-se que a criatura acabou de ser demitida, ou perdeu alguma coisa que abalou seu humor naquele momento...
    Sou a favor de confiar tanto na intuição como nos fatos, mas antes de mais nada ....sou a favor de quem chegou a conclusão que a melhor maneira de conhecer "verdadeira" natureza de uma situação é conhecendo a si mesmo!
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, então não tem jeito, nos sobra a sorte, talvez ? rs

      Excluir
  2. Sou uma pessoa extremamente racional e pragmática mas nunca abandono a minha intuição. Ela sempre pesa na hora H.

    Beijão querido amigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, como disse vc e o Zé, acho que temos que usar a combinação das duas !

      Beijão !

      Excluir