sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Talvez ...


Há dias que acordo e olho as coisas de uma maneira muito leve, e não é proposital, não me esforço para que isso aconteça, simplesmente acontece, parece que há uma pequena dose de poesia em tudo, uma energia diferente, desde os movimentos dos cães que convivo há anos, nas plantas nos vasos, que molho todos os dias, até no simples vapor que sai da cafeteira italiana, espalhando pela cozinha um dos melhores cheiros da vida, quando o café está pronto, o que acontece todo o dia. Até naquelas ações que não me agradam muito fazer, mas que temos que fazer no dia a dia para a vida funcionar, parece que se instala uma resistencia à irritabilidade, apesar de tudo não estar 100% como gostaria, e a gente sabe que nunca ficará, essa energia, é um bom presságio para começar o dia.
Talvez seja o dia, uma sexta-feira véspera de feriado prolongado ajuda um pouco, ou talvez seja uma forma do corpo e da mente dizer que está tudo indo de maneira correta, que se pode ficar, em paz.




Já gostei mais de Bjork, mas tem dia que eu acordo com ela na cabeça, fiquei lá pelo terceiro álbum, esses primeiros trabalhos agradam mais o meu "paladar" musical, cheias de detalhes meticulosamente pensados que me encantaram no trabalho dela, simplesmente um convite a voar por ai, como nessa faixa, quando ela mistura o antigo som da agulha tocando no vinil, logo depois do inicio da musica.

9 comentários:

  1. que legal... comigo acontece justamente o contrário.. tem dias que acordo absolutamente IMPLICANTE e IMPLICADO, com adrenalina a mil e super irritadiço... se eu chegar no trabalho e fechar minha porta...a equipe ja sabe... AINDA BEM que são pouquissimas vezes que isto acontece! abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas isso acontece comigo também! Cada dia é um dia !

      Abraço !

      Excluir
  2. não sei pq, mas para mim toda sexta é igual aos outros dias ... rs

    ResponderExcluir
  3. Mais dias sensíveis na vida de todos nós!

    ResponderExcluir
  4. Pois nem questione demais, apenas aproveite. Ver poesia no dia a dia não é para todos. Sorria e curta o dia, com seus cães, suas plantas e seu cheiroso café :) Está mesmo no caminho.

    Quanto à música, é uma das minhas preferidas da Björk. Aliás, não vou tentar defender a discografia dela senão não findamos papo. Sou fã dos primeiros discos tanto como dos seguintes. Mas esta faixa cai como ótima trilha pra esses seus dias, imagino.
    Sorte boa!

    [ j ]

    ResponderExcluir